Lançamento do Acervo Digital “Resistências Negras em SC”

30/10/2017 13:37

A ação faz parte do ciclo de ações Enegrecer realizado pelo grupo LITERALISE, ALTERITAS, NUVIC, PET Pedagogia, Confraria Literária do Colégio de Aplicação, e com apoio da SeCArte .

O lançamento acontecerá no auditório do CED, no dia 1º de novembro, quarta feira, as 15h e 30 min. São todas e todos muito bem vindas.

Projeto: Professoras Negras na Educação Infantil: trajetórias, desafios e lugares da mulher negra nos espaços da docência – Fabienne Neide da Cunha

12/09/2017 14:11

Objetivo geral: Compreender onde estão as professoras negras da Educação Básica da Rede Municipal de Florianópolis com recorte na educação infantil, como realizaram os seus processos formativos até a docência e como essas trajetórias se relacionam com os caminhos que percorrem para constituírem as suas identidades profissionais.

TCC – Quem é a família do Livro Didático? Uma análise sobre as representações – Jony Sandi de Assunção

12/09/2017 12:50

OBJETIVOS: 
Meu objetivo foi identificar e problematizar quais são as representações de família que são trazidas para o processo de escolarização dos alunos nos livros didáticos, e se houve uma desconstrução ou se ainda tem um fortalecimento da família heterossexual em que é composto por um casal de homem e mulher, sendo desconsideradas outras configurações de família.
As questões que me orientaram nessa pesquisa foram: Como a família vem sendo representada nas imagens dos livros didáticos? Considerando a questão da diversidade sexual houve alguma mudança nessas representações? Suas representações estão em consonância com a realidade da sociedade brasileira? 

Dissertação: QUANDO O TEXTO FALA: ANÁLISE DE NARRATIVAS DE MULHERES TRABALHADORAS – Zâmbia Santos

12/09/2017 12:50

OBJETIVOS:
Reconhecer como os processos de educar-se, a educação que ocorre através de vivências; Visa apontar espaços de educação não formal através das experiências vivenciadas pelas autoras trabalhadoras e por tantas outras trabalhadoras que não escreveram suas jornadas em livros;  Problematizar o gênero textual presente na escrita dos livros Só a gente que vive é que sabe: depoimento de uma doméstica (1982) escrito por Lenira Maria de Carvalho e Ai de vós! Diário de uma doméstica (1983) escrito por Francisca Sousa da Silva; Demarcar histórica e politicamente o contexto de produção das narrativas de forma interseccional entrelaçando raça, gênero e classe, compreendendo-os como conceitos estruturantes da sociedade brasileira.

Pesquisa Pibic: Ações Afirmativas: ensino, pesquisa e extensão na perspectiva da educação das relações étnico-raciais: o que dizem os(as) gestores(as) e estudantes – Joana C. dos Passos e Dandara Manoela dos Santos

12/09/2017 12:49

OBJETIVO GERAL:
Contribuir com a avaliação das políticas de ações afirmativas no ensino superior, por meio do levantamento e análise de informações/dados disponibilizadas pelos organismos internos à UFSC e por gestores que compõem o tripé ensino-pesquisa-extensão, além de estudantes de graduação.
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:               
– Realizar uma análise do processo de implementação das políticas de ações afirmativas na UFSC.
– Analisar se e de que forma as políticas de ações afirmativas estão promovendo mudanças curriculares, de pesquisa e de extensão na UFSC.
– Identificar as percepções de gestores(as) e estudantes sobre os alcances das ações afirmativas no que diz respeito ao ensino, à pesquisa e a extensão.
– Socializar os resultados da pesquisa em periódicos e eventos nacionais e internacionais.
– Contribuir com a formação de estudantes da graduação para a pesquisa e possível acesso a um programa de pós-graduação.
– Possibilitar a troca de experiências entre as universidades parceiras que se encontram em momentos distintos do processo de implementação das políticas de ação afirmativa.

Dissertação: NEGROS E INDÍGENAS: DAS POLÍTICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS AO MERCADO DE TRABALHO – Ivanilde Ferreira da Silva

12/09/2017 12:48

OBJETIVO:
Compreender e analisar o impacto das ações afirmativas na vida profissional dos estudantes egressos das ações afirmativas após as suas formaturas. Verificar se, ao terminarem suas graduações, esses formandos estão trabalhando em suas carreiras de formação ou não. Com os ingressos nas universidades após as políticas de ações afirmativas, analisar o impacto dos egressos (negros e indígenas) no mercado de trabalho.

Dissertação: Educação das Relações Étnico-raciais na formação docente: Uma análise dos currículos dos cursos de pedagogia – Eduarda Gaudio

12/09/2017 12:47

OBJETIVOS:
Identificar nas bases curriculares dos cursos de pedagogia das universidades federais o lugar que a temática da educação das relações étnico-raciais ocupa no decorrer do processo de formação de professores; Examinar como as determinações legais das Diretrizes Curriculares para a Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Africana e Afro-Brasileira estão sendo efetivadas no âmbito das Instituições de Ensino Superior de formação de professores; Analisar as possíveis disciplinas e conteúdos existentes que abordam a educação das relações étnico-raciais  levando em consideração seus eixos teóricos e implicações para a prática docente.